sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A PRIMEIRA VISITA

Olá pessoal! Nanda aqui, só para informar que a história abaixo realmente aconteceu comigo, então é a mais pura verdade. Estarei postando mais por semana, não foram muitos ocorridos, então aguardem...


Tudo aconteceu quando eu comecei a ter consciência das coisas, eu já entendia bem o que acontecia, eu deveria ter uns 14 anos. Eu sempre tive medo do escuro, sempre sentia a sensação de estar sendo vigiada, sempre sentia um frio seguido de um arrepio subindo por minha espinha, e cada pelo do meu corpo ficava eriçado, eu nunca olhava para trás, essa sensação sempre acontecia no corredor de minha casa que é meio longo, e que parecia uma estrada aos meus olhos, na sala e na cozinha eu também sentia, mas isso tudo só quando estava de madrugada, eu sentia insonia, e sempre ia na cozinha procurar algo pra comer ou até mesmo para matar minha sede. 


Até então eu não tinha visto nada, só sentia essas sensações estranhas.


Num dia minha mãe recebeu a ligação de uma senhora dizendo que um conhecido havia falecido, nesse dia todos foram para o enterro do rapaz, e eu fiquei em casa sozinha, como já era de costume, eu estava na sala assistindo Televisão, como ainda era de tarde estavam passando alguns desenhos, eu ainda não sabia o motivo de todos terem saído de casa, e não me importei em saber, estava assistindo meu desenho tranquilamente, até que o telefone toca, eu me levantei pra atender, e quando estava indo em direção ao corredor, uma sombra negra parou diante de mim, eu fiquei sem reação, fiquei ali parada olhando aquela sombra, meus pelos estavam todos eriçados, lágrimas caíam de meus olhos, eu achei que estava ficando maluca, eu fechei meus olhos e passei pela sombra, e quando passei por ela o meu corpo ficou gelado, e eu sabia que algo havia acontecido, atendi ao telefone ainda tonta com o que havia acontecido, era minha mãe, eu tentei me acalmar, e não falei nada sobre a sombra por medo dela me achar louca e querer me internar, eu já não me dava muito bem com ela, minha mãe me deu a notícia de que o tal rapaz havia falecido, eu fiquei horrorizada, desliguei o telefone na mesma hora e fiquei do lado de fora de casa, só voltei quando minha mãe e o pessoal daqui de casa voltaram. Desde então, eu passei a ver, sentir e até mesmo ouvir coisas estranhas, que eu acredito que sejam fantasmas me assombrando ou até algo pior. Mas essa é só uma de muitas outras histórias que me aconteceram, na realidade essa é a primeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário